A Esplanada do Castelo: Fragmentos de uma História Urbana

O trabalho apresenta um estudo relacionado com a dinâmica das centralidades na área central da cidade do Rio de Janeiro, debruçando-se especificamente sobre a origem e a conformação da Esplanada do Castelo, incorporando metodologicamente nesse processo as ferramentas de representação gráfica digital.

Ao se demonstrar suas possibilidades na representação das informações, procura-se ampliar a discussão sobre as contribuições da Gráfica Digital na construção historiográfica. Sem a atribuição de juízos de valor, procura-se construir um discurso onde o meio digital não invalida outras abordagens, mas se complementa a elas em um processo que amplia significativamente a compreensão do objeto de estudo.

Neste contexto, procura-se contribuir para o preenchimento de uma lacuna ainda existente na historiografia da cidade, relacionada especificamente à investigação dos caminhos projetuais para a ocupação do grande vazio da Esplanada surgido após a demolição do Morro do Castelo, na segunda década do século XX, com o objetivo maior de compreender as origens do espaço urbano que conhecemos no início do século XXI.

Clique aqui para o texto completo.


Link para o texto

Autores

Ano do texto: 2007

Tags: 3D Modeling, Morro do Castelo, e SIMRIO

Citação ABNT

VILAS BOAS, N.. A Esplanada do Castelo: Fragmentos de uma História Urbana.

Atualizado em 2018-07-17 03:32 por Felipe Oliveira.

Pesquisas relacionadas

Trabalhos relacionados