Os Caminhos Projetuais até Agache: Propostas para a Ocupação da Esplanada do Castelo no Rio de Janeiro (1920-1928)

Resumo

Este trabalho de pesquisa apresenta novas contribuições para a historiografia urbana da cidade do Rio de Janeiro relacionadas com o arrasamento do Morro do Castelo e a ocupação da Esplanada surgida em seu lugar. Tendo como foco principal a década de 1920, este ensaio faz uma primeira sistematização dos planos elaborados durante a década para a ocupação da área, acrescentando novos elementos ao estudo da evolução urbana da área central da cidade. Procura-se demonstrar, através de uma análise dos planos em questão, a existência de um claro processo de amadurecimento de idéias que evoluiram ao longo da primeira metade da década até ser incorporado definitivamente no projeto elaborado por Donat-Alfred Agache entre os anos 1927 e 1930. Assim, inserimos o Plano Agache em um novo contexto, demonstrado que suas idéias para a Esplanada, mesmo recontextualizadas em um projeto em maior escala, são o ponto culminante de um processo de amadurecimento finalmente sintetizadas por ele.


Link para o texto

Autores

Ano do texto: 2025

Citação ABNT

VILAS BOAS, N.; SEGRE, R. . Os Caminhos Projetuais até Agache: Propostas para a Ocupação da Esplanada do Castelo no Rio de Janeiro (1920-1928). In: XII Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional, 2007, Belém. XII Encontro Nacional da ANPUR. Belém: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional – ANPUR, 2007. p. 108-108.

Atualizado em 2020-05-18 09:44 por Raissa Paim.

Pesquisas relacionadas

Trabalhos relacionados